Coisa de gente Negra tá na moda…

Não é de se espantar, a galera Branca adora tudo o que é da galera Negra – Querem tudo o que é dos Negros – desde que? adivinha…

porque não podem apenas se orgulhar de conviver com essas pessoas?

Negro virou moda, socialmente falando se a gente olhar pra qualquer coisa que tenha espiritualidade e ancestralidade, de pessoas negras é bom; mas quer ver o problema social? O negro não pode cobrar pelo trabalho dele, o negro não pode se expor demais, o negro não pode saber demais, o negro não pode fazer melhor – alias, deixa eu refalar – o negro não pode fazer.

Porque se o negro fizer melhor; se o negro cobrar; se o negro expor… ai rapidinho alguém chega abafando ele… e é uma coisa assim que até parece natural, normal. Mas sabe o que é engraçado, eu transformei em palavras algo que acontece até as nossas vistas, que ninguém percebe, ou finge que não percebe – até porque se pararmos, e analisarmos, dificilmente se vê: negro sendo influencer em alguma coisa; negro ensinando alguma coisa; negro vendendo alguma coisa.

Não to falando que não tem, tem… 200 brancos, pra 1 negro.

Quando ele é muito ousado, quando ele é muito pra frente, pode ver, ele tem 10mil seguidores, 15 mil seguidores, que ele conseguiu na raça, as vezes ignorando muita gente, e deixando de ser parceiro de muita gente – e claro, acareando uma pequena grande má fama de alguma coisa.

 E tem aqueles negros que crescem rápido e bonito, igual cebolinha na horta, sabe? quando a galera branca escolhe um pra criar… porque as vezes parece que a galera Branca se reune e combinam, “vamos criar um negro”, ai todo mundo ajuda ele a crescer, e ele vai crescendo, todo mundo gosta daquele negro, todo mundo fecha com ele, todo mundo quer ser parceiro dele… só que: aquele negro só pode falar de coisas, que ele foi construído pra falar: ele é conhecido por algo, e ele carregará esse algo como um estigma, ele foi criado para ser o negro dos brancos, você acha que estou parecendo radical? É sério… no dia que ele muda qualquer coisa – seja o núcleo do que ele fala, ou o próprio nome (por exemplo), quem é ele? Ninguém… só voltou a ser mais um negro na fila dos negros.

E isso é uma coisa muiiiito complicada, dolorosa, e afeta muita todos nós. Querendo ou não precisamos conversar sobre essas coisas, falar dessas coisas, porque isso não pode se tornar algo normal.
Existem muitas pessoas boas ai fora, que se recebem uma forcinha, ou não… mas que apenas não fossem atrapalhadas por outras pessoas, cresceriam muito.

Não podemos ter medo de perder o espaço que adquirimos… veja, sabe uma vela, ela tem uma quantia de cera pra queimar, e ela só irá apagar quando queimar a quantia de cera que ela tem. Não importa quantas velas serão acendidas com ela, a chama dela nunca vai diminuir.
Sejamos como a vela, que tem a cera como combustível… a cera é como a vida. Não importa quantas pessoas ajudemos, nosso espaço não vai diminuir.

Tenho muitos amigos brancos, muitos mesmo… mas muitas dessas pessoas não deveriam usar a historia dos povos negros, para ser algo, para crescer… nós pessoas negras, que fazemos parte dessa historia de negros – nós pessoas negras de verdade, nos sentimos roubadas. Não nos sentimentos representadas… e vemos nossa historia morrendo, sendo sugada, usada, abusada… por muitas pessoas que se apropriam de nossa cultura. Nossa historia, nossos costumes, nossas peculiaridades, não pertencem a vocês.
Eu vou ser FRANCO, eu não gosto de ver o Hoodoo sendo ensinando por pessoas Brancas.
Eu não me importo que pessoas brancas estudem Hoodoo, aprendam Hoodoo, pratiquem Hoodoo… mas ensinar? É querer contar a historia de outro, como se ela fosse sua… cobrar por isso? É o mesmo que continuar lucrando com algo que você ajudou e continua ajudando a acabar.

E vai ter gente que vai querer justificar com historias de venda de escravos por negros lá na África…

Não é porque você GOSTOU, que você tem o direito de ensinar, não é porque você sabe, que você tem o direito de cobrar… não é porque funciona, que você tem o direito de se achar no direito de pensar que isso te pertence.

Você pode ser uma pessoa boa, e pode pensar que você esta agindo bem… mas não esta.

Nos últimos anos eu nunca tive problemas com NEGROS que ensinavam HOODOO, ou VODU, nunca tive problemas com negros sobre a nossa cultura. Quando aparece um problema – que ouso dizer nem sou eu que vou atrás – é com gente BRANCA que se acha no direito de reclamar por algo que não pertence a ela; até hoje só tive problema com BRANCOS.

Quando um Branco se apropria da cultura dos negros, faz parecer que, até que é legal a cultura do negro, mas feita por ele é ruim.
Quando um Branco se Apropria da cultura do negro, faz um negro perder uma oportunidade.

Quando um Branco fala da cultura negra, como se fosse dele… faz um negro se calar, porque a cultura dele já não é mais dele.

Quando você compra algo da cultura negra, de um Branco, você só valida tudo isso que falei.
Esse comportamento colonialista que os Brancos tem, que sempre tiveram, e que por mais que os anos passem, não conseguem perder.
Quando você compra coisas da cultura negra, feito por pessoas Brancas, você tira a oportunidade de um negro – que faz parte da historia dele -, partilhar algo genuíno com você.

Quando você compra algo da cultura negra, feito por um Branco, você não compra algo original, você compra um suvenir, uma lembrança – não tem poder…

Não ajude a fortalecer a cultura que destrói outra cultura. Essas coisas não podem ser naturalizadas, elas precisam ser paradas…

Quando um negro quer vender algo da cultura dele, ele já esta introduzido naquilo, ele conhece a historia, ele é a historia, ele nem precisa falar nada… esta nele, no sangue dele.

GENTE – de valor a cultura de vocês, aos povos de vocês, aos ancestrais de vocês, sejam eles Brancos, sejam eles negros… mas de valor.
Quando falo de ancestrais, não quero puxar um tataravô negro… quero falar de algo próximo a você, de valor a isso.

Os negras passaram por muita coisa, passam até hoje, sofrem preconceito, racismo, e continuam sofrendo todos os dias… não continuem com essa de “errar” a vida toda, porque os antepassados de vocês foram escrotos, e erram muito; pega essa herança de erro, e comece fazendo algo… pense em algo pra fazer… não participe da cultura que acaba com a nossa cultura.
Todos nós queremos um mundo melhor, sabemos que o mundo esta ruim… que todos estamos aqui vivendo no mundo pior.
Faça curso de Hoodoo ou sei lá, curso de Voodoo com pessoas negras; compre produtos de culturas negras, de pessoas negras…
Saibam quem foram seus ancestrais, e aprenda a assumir as dividas que teu povo carrega!
Pessoas Brancas precisam acordar para a realidade, precisam parar com essa mania absurda de se acharem universais, precisam parar com essa mania absurda de se acharem donas de tudo que existe no mundo.

Quando falo tudo isso, não fala na intenção de pedir um espaço… não queremos espaço, não precisamos de autorização – só respeitem o que é nosso.

K.1

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Site Footer